Blog

Como as inovações químicas estão revolucionando a indústria.

As inovações químicas estão criando soluções para diversas indústrias no Brasil, principalmente por meio da parceria com centros de pesquisa e startups.
 
Se você sempre imaginou cientistas encerrados em seus laboratórios e descobertas que não ultrapassam os periódicos acadêmicos, saiba que os laboratórios são verdadeiros centros de propulsão da economia.
 
Prova disso é que 27% das indústrias químicas e petroquímicas investem parte de sua receita em pesquisa, desenvolvimento e inovação científica, segundo dados do Sindicato das Indústrias de Produtos Químicos.
 
As áreas campeãs de inovações químicas são as matériasprimas renováveis, biotecnologia e agroquímica, que incrementam cada vez mais a qualidade das empresas brasileiras.

 
Incentivos para inovações químicas no Brasil
 
Para incentivar as pesquisas e inovações da Química no país, existem mecanismos legais como a Lei do Bem, que permite a dedução de recursos investidos em ciência do Imposto de Renda da empresa.
 
Outros recursos importantes vêm da Embrapii (Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial) e do SENAI, que lançam editais e oferecem programas específicos para estimular os projetos de inovação química.
 
Além disso, as indústrias têm criado centros de conhecimento e pólos de inovação em parceria com universidades e startups, com o objetivo de
desenvolver novas soluções com auxílio da ciência. Há ainda desafios como o Akzo Nobel Chemicals Startup Challenge, que premia as melhores ideias de estudantes, professores, pesquisadores e cientistas da área química.

 

Cases de sucesso em inovação química

A empresa 3M Brasil é um exemplo de sucesso da inovação química, com 4,7 % do faturamento destinado exclusivamente à pesquisa e novas ideias. Para se diferenciar no mercado, a organização investe em um centro técnico exclusivo, laboratórios de P&D próprios e plantaspiloto no interior de São Paulo.
 
Outra líder em inovação é a DuPont, uma indústria química norteamericana que trabalha em parceria com 13 centros de pesquisa e universidades como Unicamp e UFSCAR. Já a Braskem, maior petroquímica da América, se destaca pelos laboratórios de materiais internos e parcerias com startups de ponta, com mais de mil patentes já conquistadas.
 
Os dados mostram o potencial das inovações químicas para os próximos anos, e a São Carlos Química estará presente suprindo os laboratórios com as melhores tecnologias e equipamentos. Afinal, nossa missão é oferecer as soluções mais completas para clientes e parceiros, viabilizando os avanços da ciência e crescimento de todo o país.